quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Amor, quem és tu afinal?

Dizem que:
"Amor é como o fogo, e que o vento inflama o grande e apaga o pequeno",  
....será mesmo verdade?
Um dia vou descobrir se tal é verdade...
(Sabem que mais estou dividida, por um lado quero muito que seja verdade e por outro não quero que seja verdade...)
Porque é que o AMOR  consegue ter sentimentos tão opostos? 
Sim é verdade também dizem:
"A barreira entre o ódio e o amor é muito pequena"
(Desta eu tenho a prova que é verdade)
Como é possível um sentimento resistir á distância, ao tempo e ás palavras horríveis ditas? Como é possível resistir ás magoas? 
Tu és cego, AMOR? 
Uns dizem que sim outros nem se revelam a cerca do assunto..
Por mais que digam isto ou aquilo porque é que tu não vês que devias mudar e não o fazes?
PORQUE?
Gostava de saber: 
Amor, quem és tu afinal!?

1 comentário:

Nice disse...

Já tinha lido o teu post, mas nao tive a oportunidade de comentar. Portanto era so para dizer que amei
:)