quinta-feira, 9 de setembro de 2010

De volta a Coimbra...

Coimbra foi, é, será sempre a minha cidade de eleição. Digam o que disserem à cerca desta cidade, a minha opinião não vai mudar.
Desde pequenina que disse "Mãe quando for grande vou para ali estudar"... Bem dito e bem feito!
Esta cidade trás-me um conjunto de emoções memoráveis e únicas!!!
Como alguém me disse no início do ano passado: "Caloira, o que eu te vou dizer também me disseram a mim e eu passo-te a mensagem. Lembra-te: a vida de um estudante muda muito da Latada até à Queima."

Por fala nestas grandiosas festas Latada e Queima. Sinceramente, prefiro a Queima. Porque nesta altura vem o melhor momento do ano. Onde toda a gente chora, melhor quase toda a gente, admito chorei porque é um momento lindo e único. Nesta altura é quando sentimos pela primeira vez o peso do traje, quando a capa é traçada pela primeira vez. Momento mais emocionante é sem dúvida quando a tuna toca a "Balada da despedida" do ano jurídico 89.

Em relação à Latada é o momento 'humilhante' do caloiro em que os padrinhos 'vestem' os caloiros, a parte menos saborosa é roer o nabo dos doutores. Os caloiros tem acessórios engraçados, se algum dia vierem estudar para a cidade dos estudantes vão saber quais são. É importante de referir que a cor dos fatos e acessórios é de acordo com a cor do curso.

COIMBRA É NOSSA E HADE SER.... COIMBRA É NOSSA ATÉ MORRER!!! (by: estudantes de Coimbra)

Adoro e já tinha saudades!!

2 comentários:

Sónia disse...

pequeno reparo: não é a tuna que canta na serenata monumental são grupos de fado

quanto à latada ser o momento humilhante... só se for tudo mal feito. a latada é um dia de festa, é um dia de divertimento e é um dia igualmente carregado de emoção. serve para estreitar laços com a madrinha/padrinho que nos dás as boas vindas à cidade e que com a água do Mondego que nos diz agora és parte de tudo isto. Além do mais é o primeiro encontro do caloiro com Coimbra em festa e com toda a euforia que o caracteriza as coisas são vividas de forma bastante intensa.

A latada começa depois a perder algum sentido quando começamos a ficar mais velhos acho eu.

De resto acho que a queima é mais emotiva também porque é muita coisa a acontecer ao mesmo tempo, não é só o trajar pela primeira vez, é o ter noção de que acabou mais um ano, é o constatar das mudanças em nós que crescemos e o de que não tarda já cá não estamos.

de qualquer partilhamos o gosto por esta vida e uma capa negra nos ombros ;)

beijinho

K@'10 disse...

Olá Sónia!
Em relação á Latada quando referi "humilhante" foi em tom de brincadeira... Eu adorei a Latada acho que foi o dia até em que passei mais tempo com a minha madrinha oficial de curso...
Como é óbvio cada um tem a sua opinião...

Adoro esta cidade e tudo o que ela traz incluído
;)

Beijinhos